Google+ Followers

terça-feira, 8 de abril de 2008

Zoomp tem problemas com demissões.

ZOOMP DEVE PROPOR ACORDO A DEMITIDOS
Valor Econômico25/03/2008
REF: Setor Têxtil - Leis & Mercado

por Beth Koike

O número de demitidos é controverso. O I'M informou (dono da Zoomp), por meio de sua assessoria de imprensa, que foram dispensadas 36 pessoas de lojas da capital paulista. Já o presidente do Sindicato dos Comerciários de São Paulo, Ricardo Patah, diz que a Zoomp demitiu 92 empregados sem pagar os valores correspondentes a INSS, fundo de garantia e vale-refeição. "É quase um terço do quadro total de funcionários da Zoomp", diz Patah.

Ainda segundo o presidente do sindicato, o grupo I'M teria alegado que está passando por dificuldades financeiras devido à pirataria de roupas da Zoomp. A produção anual da grife é de 1,6 milhão de peças e o faturamento em 2006 foi de R$ 119 milhões.


Os ex-funcionários reclamam também que o pagamento da comissão sobre as vendas não era efetuado corretamente. "O acordo coletivo da categoria estabelece que o vendedor comissionado receba no mínimo R$ 742 e há denúncias de que alguns deles não recebiam esse valor, mesmo vendendo acima desta quantia", disse Patah.


A empresa, controlada pelos empresários Enzo Monzani e Conrado Will, informou que se a proposta que apresentará ao sindicato for aprovada, a mesma será levada a outros Estados em que há lojas da Zoomp. A companhia não quis entrar em detalhes sobre as pendências trabalhistas.


Nota do MKT360: Como noticiei e questionei em janeiro deste ano, problemas diversos poderiam advir do novo tipo de negócio onde investidores incorporavam as empresas de moda. Parece que oprimeiro reflexo - negativo - está se consolidando.

2 comentários:

Anônimo disse...

aliás as dificuldades apresentadas sobre a referida empresa, ocorre com a Benq, outra empresa pertecente ao grupo HLDC. Saliento que há pagamentos pedentes de funcionários que foram demitidos no ano passado. Impossibilitando até de mesmo de receberem seguro desemprego devido ao descaso administrativo do HLDC. Em contra partida, os mesmo divulgam que farão investimento de milhões e novas aquisições. Qual é a verdadeira identidade do HLDC? Será um grupo que apenas visa lucrar com os empréstimos junto a entidades financeiras, conseguidos em nome das empresas " adquiridas" ?

Anônimo disse...

Mais uma vez a zoomp deixou os funcionarios na mao, demitiram 6 funcionarios da loja oscar freire e estao se negando a pagar os direitos de cad um,sem contar que nao depositao o fgts a mais de 5 anos!!! é uma vergonha, pois para fazer a troca de coleção eles tiverao dinheiro, vamos lutar para conseguir nossos direitos, nao vamos sossegar ate ver todas as lojas fechadas!!!!