Google+ Followers

terça-feira, 9 de novembro de 2010

Glossário de Marketing de Guerrilha

- Marketing de Guerrilha é - ou pelo menos deveria ser - praticado na maioria das vezes por empresas pequenas e médias. Estas empresas não têm o mesmo fôlego financeiro para lançar campanhas publicitárias caríssimas na televisão, por isso apelam pro marketing de guerrilha para criarem ações de impacto que caiam na boca do povo e que virem notícia. Para isso preferem utilizar mídias mais alternativas.

- Marketing de Emboscada (Ambush Marketing): São ações de guerrilha criadas em torno de algum evento no qual sua empresa não é patrocinadora oficial, buscando criar um vinculo, e associar sua marca com o evento. Um exemplo de evento que sofre bastante emboscada é a Copa do Mundo de Futebol.

- Marketing de Boca a Boca (Buzz Marketing): Campanhas de marketing que utilizam o seu público alvo como disseminadores de sua mensagem. Através do boca a boca sua empresa encontra uma maneira bem barata de divulgação.

- Marketing Viral: o marketing viral se utiliza às vezes para descrever algumas classes de campanhas de marketing baseadas na internet, incluindo o uso de blogues, de sites aparentemente amadores, e de outras formas de astroturfing para criar o rumor de um novo produto ou serviço.

- PR Stunt: São ações de guerrilhas que são realizadas para gerar interesse da imprensa. Você potencializa sua ação fazendo uma assessoria de imprensa para que isso gere notícias em diversas publicações e meios de comunicação.

- Ação de Rua: Criar eventos na rua para passar sua mensagem, como apresentações com malabaristas, teatro de rua, passeatas, protestos, seja na rua, na praia, ou num shopping center. São ações que entram diretamente em contato com o seu público alvo de uma forma diferente.

- Marketing Invisível (Stealth Marketing): São ações de guerrilha onde você expôe a sua mensagem de uma forma não comercial. O seu público-alvo nem é abordado de uma maneira mais criativa e sua mensagem é passada com sucesso. Exemplos são interações em fóruns online como o Orkut, blogs ou até mesmo ações offline com abordagens discretas no público-alvo.

- Community Marketing: Formando ou apoiando comunidades que possam criar interesse sobre a marca (como fan clubes, fórum de discussões) providenciando ferramentas, conteúdo, e informação para apoiar estas comunidades.

- Grassroots Marketing: Organizando e motivando voluntários a participarem em projetos pessoais ou de alcance local.

- Evangelist Marketing: Cultivando evangelistas, voluntários que são incentivados a tomarem um papel de liderança ativamente espalhando mensangens no seu nome.

- Product Seeding: Colocando o produto certo, nas mãos certas, na hora certa. Providenciando informações e amostras a pessoas influentes.

- Influencer Marketing: Identificando comunidades chave e lideres de opinião que podem se interessar em falar sobre sua marca e tem habilidade de influenciar outras pessoas.

- Cause Marketing: Apoiando causas sociais para ganhar respeito e apoio daqueles que se identificam com a causa.

- Conversation Creation: Anúncios interessantes ou engraçados, emails, jingles, entretenimento ou promoções feitas para começar a atividade de boca a boca.

- Brand Blogging: Criando blogs e participando na blogosfera, no espírito de comunicação aberta e transparente compartilhando conteúdo de valor que a comunidade de blogueiros possa querer falar a respeito.

- Referral Programs: Criando ferramentas que permitem clientes satisfeitos indicarem você aos amigos deles.

Nenhum comentário: