Google+ Followers

sexta-feira, 11 de dezembro de 2009

Shoppings: 51% pretendem parcelar as compras em até três vezes no cartão

portal InfoMoney 10/12/2009

Neste Natal, os paulistas que visitarem os shoppings devem pagar as compras com cartão de crédito. Segundo levantamento feito pela Delloite e pela Alshop (Associação Brasileira dos Lojistas de Shoppings), 51% pretendem parcelar as compras em até três vezes no cartão.

"Em geral, os varejistas não estão dando mais do que 5% de desconto no pagamento à vista. Nesse caso, para o consumidor, é mais interessante a compra a prazo", afirmou, por meio de nota, o presidente da associação, Nabil Sahyoun.

O estudo foi realizado com varejistas de diversos segmentos em todo o estado de São Paulo, entre os dias 25 de novembro e 4 de dezembro.


Gasto médio

De acordo com a pesquisa, 21% dos consumidores devem gastar, em média, entre R$ 121 e R$ 180 em presentes neste Natal.

Outros 17% afirmaram que os gastos nas lojas dos shoppings do estado devem ficar entre R$ 81 e R$ 120. O baixo valor, de acordo com Nabil, revela o crescimento da renda do segmento da população que pertence principalmente às classes C e D.


Presentes na lista

Aparelhos celulares e peças de vestuário despontam na lista dos produtos que devem ser mais procurados no Natal deste ano no Brasil. Segundo a pesquisa, que também foi realizada nos Estados Unidos, os dois itens estão na lista dos norte-americanos.

Naquele país, 63% dos presentes devem ser roupas, 41% serão artigos eletrônicos - principalmente DVD, CD, GPS, games, MP3 e smartphones. Os cartões-presente, aqueles que indicam valores a serem gastos em determinada loja, são muito comuns por lá: 65% devem dá-los como presente nos Estados Unidos.


Geração X

O estudo revelou ainda que a geração X - pessoas com idade entre 36 e 45 anos - predomina entre os consumidores que devem comprar em shoppings de São Paulo neste Natal. Eles representam 46% dos clientes dos varejistas entrevistados.

Consumidores com idade entre 26 e 35 anos seguem como a segunda maior fatia de clientes, com 33% de representatividade.

Segundo a Alshop, a idade mais elevada dos consumidores explica os altos valores de intenção de compra.


Nada para a última hora

É difícil de imaginar, mas a pesquisa aponta que, neste ano, os consumidores não devem deixar as compras para a última hora. Dos entrevistados, 45% afirmaram que devem fazer uma visita às lojas entre os dias 14 e 20 de dezembro.

Nenhum comentário: