Google+ Followers

sábado, 7 de março de 2009

Você é empreendedor?

Você é empreendedor?

Responda às questões abaixo e veja se você está pronto para abrir um negócio agora.
Na minha opinião o melhor teste que já ví.
A distribuição dos pontos eu fiz assim:
3 pontos para a que considero certa e 2 pontos para a outra.
Quem quiser saber o resultado do meu teste mande um email.

Orientação
Distribua cinco pontos em cada par de afirmações a seguir, destinando a maior parte deles para a proposta com a qual você concorda mais.

1-
A) A capacidade de um empreendedor acaba tendo pouca influência sobre o sucesso que ele obtém, porque isso depende de muitos outros fatores.
B) Um empreendedor capaz sempre consegue definir o destino do seu negócio.

2-
A) Empreendedorismo é um dom que nasce com a pessoa.
B) É possível desenvolver o empreendedorismo ao longo da vida.

3-
A) A competência dos concorrentes define se um vendedor conseguirá vender seus produtos.
B) Um vendedor capaz sempre consegue vender seus produtos, mesmo com bons concorrentes.

4-
A) O planejamento é um fator determinante para o sucesso de um empreendimento.
B) O planejamento não define o sucesso de um empreendimento, porque sempre surgem fatores inesperados que se tornam mais decisivos.

5-
A) A condição econômica da pessoa é essencial para que ela se transforme em uma empreendedora de sucesso.
B) Um empreendedor pode alcançar o sucesso independentemente da condição econômica.

6-
A) Os erros dos empreendedores surgem principalmente da sua própria falta de habilidade e de percepção.

B) Os erros dos empreendedores surgem principalmente de fatores sobre os quais ele não tem controle.

7-
A) Os empreendedores são freqüentemente vitimados por fatores conjunturais que sequer chegam a compreender plenamente.
B) A informação e o envolvimento em temas sociais, políticos e econômicos podem levar os empreendedores a compreender todos os fatores que afetam seu negócio.

8-
A) Obter um empréstimo depende sobretudo da boa vontade do banco.
B) Obter um empréstimo depende sobretudo da viabilidade do plano de negócio.

9-
A) Buscar informações com vários fornecedores antes de comprar matéria-prima é essencial para se obter o melhor produto.
B) Não há porque perder tempo coletando informações: a qualidade do produto que se compra está diretamente relacionado ao valor que se paga.

10-
A) Ter ou não lucro depende da sorte.
B) Ter ou não lucro depende da competência.

11-
A) Há pessoas que, por suas características, jamais terão sucesso como empreendedoras.
B) É possível desenvolver capacidade empreendedora em pessoas com qualquer tipo de perfil.

12-
A) As origens sociais de uma pessoa definem se ela terá sucesso como empreendedora.
B) Não importam as origens sociais. O esforço e a capacidade da pessoa podem levá-la ao sucesso como empreendedora.

13-
A) Não há como escapar dos entraves causados pela burocracia (órgãos do governo, funcionários públicos, bancos).
B) É possível não depender da burocracia.

14-
A) O mercado se tornou tão imprevisível que é aceitável empreendedores de visão errarem.
B) Um empreendedor deve culpar a si próprio pelos seus erros de percepção.

15-
A) O destino de cada um depende de seus próprios esforços.
B) Tentar mudar o destino de alguém é inútil. O que tiver que ser, será.

16-
A) Há muitas circunstâncias que escapam do controle do empreendedor.
B) Os empreendedores fazem suas próprias circunstâncias.

17-
A) Não importa o quanto nos esforçamos, só conseguimos realizar o que está reservado pelo destino.
B) Os resultados que obtemos dependem dos nossos esforços.

18-
A) A eficácia de uma organização depende sobretudo da existência de pessoas competentes.
B) Por mais competentes que sejam os profissionais de uma empresa, as condições sócio-econômicas podem levá-la a enfrentar sérios problemas.

19-
A) Às vezes é melhor deixar as coisas se encaminharem sozinhas, ao acaso.
B) Agir para resolver os problemas é sempre melhor do que deixá-los ao acaso.

20 -
A) A competência no trabalho sempre será reconhecida.
B) Por mais que alguém seja competente, ele depende dos contatos para crescer.

Pontuação
Transfira seus pontos para a tabela abaixo e faça a soma final.




Resultado
Divida o total de pontos do controle interno pelo total do controle externo. Confira o resultado:


Abaixo de 1,0 - Indica que você possui um alto nível de orientação por controle externo, com poucas possibilidades de iniciar uma atividade como empreendedor ou de se destacar profissionalmente.
Entre 1,0 e 2,9 - Indica que você até pode vir a ser um empreendedor, mas é importante aumentar o seu nível de controle interno nas suas atividades profissionais.
Entre 3,0 e 4,9 - Indica que você tem um bom nível de controle interno.
Entre 5,0 e 6,9 - Indica que você tem um excelente nível de controle interno, com grandes possibilidades de iniciar uma atividade como empreendedor ou se destacar profissionalmente.
De 7,0 em diante - Indica que você tem um nível de controle interno fora do comum. Dificilmente suportará estruturas corporativas muito rígidas.


* As pessoas que possuem personalidade fortemente empreendedora somam entre 7,0 e 9 pontos.

Fonte: Teste extraído do livro Gente que Faz, de Luiz Fernando Garcia, com base na concepção original de T. Venkateswara Rao

4 comentários:

brunousbert disse...

o teste é muito bom,vale apena,mais esteja preparado para a verdade;e a verdade às vezes dói.rs...

brunousbert disse...

o teste é muito bom,vale a pena,mais esteja preparado para a verdade,e a verdade às vezes dói.
rs...

Scarione disse...

só para ver se eu entendi... eu tenho que, em cada questão, distribuir 5 pontos (entre A e B). no final eu somo cada um dos controles (C.I. e C.E.) e divido C.I. / C.E.?

Inicialmente eu tinha entendido que eu teria que escolher A ou B.... vou ter que fazer tudo de novo...

Abraços

julival disse...

Sim, eu fiz 15 pts. 60/40=15. tõ achando um feijão com arroz!
Vou iniciar uma pós em Marketing, na UNIFACS e gostaria de testar meu conhecimento sobre o assunto! Estou surpreso!
Juro,
abraços,
Julival S Vieira