Google+ Followers

terça-feira, 5 de outubro de 2010

Dinheiro Mail entra no pagamento móvel

portal Convergência Digital 01/10/2010

Plataforma de pagamentos online, a Dinheiro Mail lança na primeira quinzena de outubro, um serviço para fomentar o uso do celular. Para simplificar o acesso, decidiu aposta no WAP e não em aplicativo. "Posso garantir que a transação será mais barata do que um SMS", revela o diretor da empresa no Brasil, Marcos Bueno.


Empresa está finalizando a integração da sua plataforma à OLX, empresa voltada para classificados gratuitos que está ampliando a participação no mercado brasileiro. Ao mesmo tempo também trabalha com o site de comércio eletrônico Clube Urbano - recém-lançado no país - há dois meses - mas já com grande aceitação como meio de compras online - para a oferta via celular. O projeto, conta Bueno, é o de permitir o "One click to buy".


"O pagamento móvel tem que ser bastante simples e acessado por toda a camada de usuários. Por isso, inclusive, apostamos no WAP. A nossa página será extremamente simples. É clicar e confirmar. E para o usuário será mais barato do que o envio do serviço via SMS", destaca Bueno. Apesar da prioridade ao WAP, a forte demanda para o iPhone não foi esquecida. A empresa também trabalha no desenvolvimento de um aplicativo para a plataforma.


Fundada em 2004, a Dinheiro Mail atua no Brasil, Argentina, México, Chile e Colômbia, acredita que o pagamento online é uma tendência irreversivel e que o desafio é o de simplificar cada vez mais o processo. Um dos diferenciais da empresa, inclusive, é a oferta do serviço por 0800.


Hoje, no Brasil, a Amway, de venda de produtos com revendedores diretos, é a usuária. "O serviço tem grande presença, especialmente, na região Nordeste. A nossa ideia é expandir o produto para outras redes", salienta Bueno. A expectativa da Dinheiro Mail é de transacionar na sua plataforma US$ 110 milhões em 2010. Em 2009, o montante ficou em US$ 55 milhões. Isso significará cerca de 2 milhões de transações até dezembro.


A adesão ao pagamento online possui ainda características próprias no Brasil. Aqui, reporta a empresa, 60% dos usuários utilizam o cartão de crédito; 49% efetuam o pagamento à vista ou em uma parcela e 51% preferem comprar em até 5 parcelas. O pagamento móvel, acredita Bueno, crescerá significativamente a partir de 2011.


"Não tenho dúvida em afirmar que o celular será um forte aliado no meio de pagamento. Ele será usado por quem não tem acesso ao cartão. Favorecerá o comércio eletrônico", completa o diretor da Dinheiro Mail no Brasil.

Nenhum comentário: