Google+ Followers

sábado, 3 de julho de 2010

Itaipava véu de noiva

Uma das maneiras que adotei para relaxar da correria diária foi “jogando conversa fora”, vez em quando, com bons amigos, no bar do Erminio, saboreando uma "loira gelada". Deixando claro que sou apreciador apenas de uma boa cerveja e eventualmente, rs.

O bar do Erminio é um boteco típico; e como característica de qualquer bom boteco, lá podem ser encontradas todas as principais cervejas nacionais na temperatura ideal para apreciadores exigentes.

Recentemente fui apresentado para a Itaipava Premium, uma cerveja que cumpre o que promete. Ingredientes de grande qualidade e sabor inigualável dentre as mais populares oferecidas no mercado brasileiro.

Até ai tudo bem, mas duas coisas me chamaram a atenção. Uma foi a grande aceitação da “breja” por apreciadores fieis de marcas administradas pela AMBEV. Outra foi o design escolhido pela Itaipava para a sua cerveja Premium usando um “véu de noiva” ou “colarinho" branco no bico da garrafa. 


Quando a cerveja está gelada, do tipo véu de noiva ou branca, como são pedidas, o efeito da cor da garrafa junto do colarinho do rótulo é incrivelmente atrativo.

Algumas técnicas de marketing podem ser notadas na estratégia da Itaipava, principalmente a fórmula de vendas AIDA em relação ao que citei acima sobre sabores e rótulo. AIDA visa obter Atenção, conquistar o Interesse, despertar o Desejo e induzir à Ação.

Outra técnica é a TRADING DOWN, técnica mercadológica que consiste na colocação de variedades de preços mais baixos visando capitalizar conceito de um produto mais caro. É o que fizeram ao oferecer uma cerveja Premium pelo preço das concorrentes normais como a Antarctica.

O Marketing sempre foi confundido com várias outras coisas: promoção de produto, ação de relações públicas de um produto etc. E a imagem da empresa sempre foi privilegiada frente ao próprio produto. Mas, numa sociedade como a atual, contestadora, a qualidade adquire maior valor que no passado e o produto passa a ser o elemento fundamental no contexto de Marketing. Fazendo uma relação com a língua, o produto é o substantivo e o resto, são adjetivos. Ou seja, tudo o mais é derivativo do produto e existe em função dele. Não adianta ter uma grande verba de propaganda, pontos-de-venda lindíssimos, rede de distribuição eficiente e assistência pós-venda fantástica sem a qualidade do produto. Agora, se além da qualidade, o produto ainda tiver todas essas outras qualificações, teremos o conceito de Produto Ampliado, que significa que a demanda por ele será muito maior e os clientes serão atraídos com mais facilidade. O Marketing, é claro, aproveita para apoiar-se nesses valores do Produto Ampliado, e se a Itaipava estiver também focada numa logística campeã e distribuição consistente, tem tudo para ampliar seu share.

Nenhum comentário: