Google+ Followers

sexta-feira, 14 de maio de 2010

As lições de Clint Eastwood


Comumente vemos palestrantes dando “ensinamentos” sobre diversos temas, inclusive sobre como identificar o que o outro pensa pelos gestos, movimentos do globo ocular e etc.

Sempre achei que especialistas palestrantes ou escritores devessem se limitar a, ou falar tecnicamente sobre temas de suas expertises comprovados cientificamente, ou falar de sua própria experiência vitoriosa quando a intenção for servir como exemplo. Caso contrário, deixar claro que fazem ilações, pesquisas ou teses.

Já comentei aqui sobre alguns caras que serviram ou servem de exemplo, principalmente quando o tema é gestão. Estou lendo sobre Steve Jobs e brevemente falarei sobre o livro, mas hoje quero homenagear um senhor que completou 80 anos de vida no mês de maio, Clint Eastwood.

A revista VIP de maio trouxe lições passadas pelo ator mais durão de Hollywood. Muitas delas se encaixam perfeitamente nas nossas relações cotidianas, sejam profissionais ou pessoais. Avalie você mesmo o que pensa Eastwood:

1- Nunca se intimide
“Boa parte de minha vida eu andei batendo nos fortões”, disse Clint à revista Esquire.

2- Proteja as damas
Como no filme Gran Torino, quando Walt Kowalski, personagem de Clint, sai à caça da Gangue que machucou a pobre Sue.

3- Tenha paixões nesta vida
Pode ser uma mulher, um cão leal ou um possante envenenado. Ou as três coisas. Mire-se novamente em Walt Kowalski, que teve uma Dorothy (a falecida esposa); uma Daisy (a labradora); e um Gran Torino d e1972 (o carrão).

4- Tome partido
Seguindo a idéia do “faça você mesmo”, Clint não esperou que os governantes garantissem o bem-estar da pequena cidade de Carmel-by-the-Sea, na Califórnia. Ele próprio se candidatou à prefeitura, em 1986. Venceu com 72,5 por cento dos votos e durante sua gestão buscou o equilíbrio entre a preservação da natureza e o desenvolvimento econômico local.

5- Saiba admirar mulheres naturalmente belas
O cara é fã da beleza sem retoques. Curte especialmente a estética natural das atrizes dos anos 1940, como Katherine Hepburn e Ingrid Bergman – elas não se entupiam de corretivo facial nem tinham “a mesma expressão de Botox”. Clint alerta: Se você só vai atrás de meninas maquiadas, cuide-se: uma hora as máscaras – faciais – caem.

6- Abra a mente para fechar o corpo
Você não precisa gostar de tudo que a juventude inventa a cada dia, mas é sempre bom manter-se atualizado com os mais novos. “Este é o segredo da vida, na verdade: nunca pare de aprender”, diz o guru Eastwood, que afirma aprender algo novo todos os dias com a molecada.
 
7- Tenha Personalidade
Dedique-se a algo que você realmente gosta, mesmo que não esteja na moda. Clint é um fanático por jazz e sempre que possível insere o estilo musical nas trilhas de seus filmes.

8- Tenha foco
Os detalhes menores são menos importantes. Vamos nos ater a coisas importantes”, diz ele. 

9- Jogue limpo
Mesmo em situações conturbadas, o homem de verdade joga limpo. Em Os Imperdoáveis, Bill Munny, personagem de Clint, grita aos comparsas do caubói que ele acabou de balear para que levem água ao moribundo. Promete não acertá-los. Os homens levam o cantil, e Munny cumpre com sua palavra...   

10- Mas não exagere
“Eu não quero ser politicamente correto. Estamos todos perdendo muito tempo e energia tentando ser politicamente corretos em relação a tudo.”

11- Seja grato
Só grandes caras sabem ter gratidão. Seja para quem lhe empresta um isqueiro. Seja para quem lhe doa um órgão. Em Dívida de Sangue, na pele do agente aposentado Terry McCaleb, Clint volta à ativa e passa a investigar a morte da mulher que lhe doou o coração.

12- Não seja escravo do dinheiro
“Eu não sei se isso vai dar lucro, mas acho que posso fazer um filme que vocês terão orgulho de ter no acerco”, disse Clint aos cartolas da Warner Bros, acerca do filme Sobre Meninos e Lobos. O filme rendeu US$ 157 milhões, dois Oscars e orgulho para todo o mundo.

Nenhum comentário: