Google+ Followers

segunda-feira, 28 de setembro de 2009

Avaliando uma administração sob a ótica de Buffett

Quando estuda a compra de uma empresa Warren Buffett examina se ela tem administradores parecidos com ele próprio – o que não surpreende, rs.
Que tal ver com os “olhos” do gênio investidor?

Segundo Buffett, havendo semelhanças, será muito mais fácil para ele “gostar, confiar e admirar”; o que considera três necessidades em relação aos executivos.

Qualidades essenciais de um executivo
Para ganhar a simpatia, a confiança e o respeito do Buffett, os administradores devem mostrar três qualidades essenciais. Segundo Buffett, eles devem estar em condições de afirmar:
- “Sou sincero com todos aqueles com quem tenho relacionamentos – acionistas, colegas, funcionários, clientes e outros.”.
- “Sou racional em todas as minhas decisões gerenciais e ações, analisando toda situação friamente antes de chegar a uma conclusão.”.
- “Resisto ao ‘imperativo institucional’ – faço o que acho correto, não o que os outros estão fazendo.”.

Você pode, honestamente, dizer o mesmo? Se não, por quê? Escreva as razões e considere que mudanças podem ser feitas para atingir os três quesitos.

Produzindo resultados
Ainda nas palavras de Buffett, deve-se eliminar toda a cúpula diretora que não revele toda a verdade, não raciocine e aja logicamente ou siga o rebanho, na hora em que for pensar numa compra.

Examine o histórico da empresa. Boa Administração deve produzir bons resultados.

São características de Boa Administração:
- Os interesses dos donos estão acima dos interesses dos administradores.
- Aumentos consistentes em vendas e lucros operacionais.
- Retorno acima da média.
- Reinvestimento de lucros com muita eficácia.
- Favorecimento na segurança da perspectiva de crescimento a longo prazo.

Para fechar, Buffett segue três regras de ouro para manter um bom foco nos negócios:
1 – Minimize os custos.
2 – Maximize as vendas.
3 – Otimize a razão vendas sobre o capital.

Dessa forma, garante-se para a empresa um alto retorno sobre o capital acionário, altos lucros para os proprietários, boas margens e um bom retorno para o capital reinvestido. É preciso uma Boa Administração para explorar tanto ouro e um bom investidor para compartilhá-lo.

Palavras da escola “buffettologista”:

“Não é possível fazer um bom negócio com uma pessoa ruim”

“Ao procurar alguém para contratar, você procura três qualidades: integridade, inteligência e energia. Mas a mais importante é a integridade, porque sem ela as duas outras qualidades, inteligência e energia, acabarão com você”

“No mundo dos negócios, o espelho retrovisor é sempre mais claro do que o pára-brisa”

Nenhum comentário: