Google+ Followers

segunda-feira, 4 de fevereiro de 2008

ABSOLUT

Estar preparado para reagir, positivamente, às oportunidades, é o segredo do sucesso.

Este é um dos casos de estratégia e sucesso mais famosos e vale lembrá-lo.

O ano de 1994 passou para a história do marketing, e dentre outros fatos importantes, como aquele em que chegou ao fim uma das mais fantásticas parcerias. A que produziu um dos melhores “cases” do marketing moderno: ABSOLUT. Os produtores suecos da VODKA ABSOLUT decidiram romper o contrato com a CARILLON IMPORTERS, o que significou tirar o produto das mãos mágicas e abençoadas de um dos gênios do marketing, MICHEL ROUX (um grande especialista em logística).

Em 1979 ROUX foi procurado pelos suecos para que assumisse o marketing e a distribuição de ABSOLUT nos EUA. Naquele ano, ABSOLUT vendera 10.000 caixas, exatamente 10% do que vendera a líder das marcas importadas, STOLICHNAYA.

No início de 1994 ROUX devolveu o produto aos suecos, com a liderança absoluta de mercado, vendendo não apenas 3 milhões de caixas ano, como vendendo 2 de cada 3 garrafas de vodka, e, muito mais que isso, tendo transformado ABSOLUT, simplesmente, num dos poucos ÍCONES do santuário do marketing moderno.

Conheça, agora, quase quatorze anos depois, três das crenças e práticas do gênio que produziu o milagre:

- “A bebida vodka se caracteriza por não ter cheiro, cor, sabor. Todo o meu trabalho foi o de criar uma imagem e dar vida ao produto. Os EUA é o país onde as pessoas estão sempre aspirando alguma coisa. Assim, procurei passar o sentimento que agregando ABSOLUT às suas vidas, estavam sinalizando bom gosto, modernidade, e conhecimento às demais pessoas de seus relacionamentos”

“Sempre me aborreço quando alguém me pede um plano para os próximos 10 anos. Como posso? Me pergunto, se o tempo e suas circunstâncias não param de mudar?! Na minha opinião ter estratégia é estar permanentemente preparado para aproveitar as oportunidades que cruzam a sua porta. Em verdade, você não precisa de uma estratégia no sentido convencional. O que você precisa, mesmo, é ter sensibilidade para saber quando é o momento, qual é o mercado, e o que as pessoas desse mercado estão desejando. É disso que se nutre um negócio”

“O maior erro que uma empresa pode cometer é só se preocupar com seus concorrentes: vai acabar copiando seus acertos ou repetindo seus erros. O que as empresas devem fazer, na maior parte do tempo é não despregar o olho do mercado, e ir sempre, em sua direção. Minha sensibilidade no caso de ABSOLUT, foi extremamente desenvolvida, pelas caminhadas diárias que fazia aos pontos-de-venda e bares, conversando com vendedores e barmen. As melhores e mais genuínas informações estão com eles; desde que você saiba perguntar, e, principalmente, ouvir”.

Paulo Rubini, Consultor de Marketing

Nenhum comentário: